FANDOM


25/08/2006 – “Meteorango Kid, o Herói intergalático”, de André Luiz Oliveira Editar

“Quando a gente não pode fazer nada, a gente avacalha.” havia dito o Bandido da Luz Vermelha no filme de Sganzerla. Era a chave para André Luiz Oliveira abrir todas as possibilidades de seu primeiro filme. A avacalhação e uma grande vontade de cinema são os elementos que servem ao diretor como resistência ao clima opressivo e sem futuro da época, assim como o guia para o protagonista de sua história. Lula é um universitário vagabundo, que não faz muito da vida além de fumar maconha, avacalhar os ativistas, tentar ser ator e sonhar matar os pais vestido de Batman. Nada para fazer, ainda resta imaginar o improvável e viver o ainda possível. Filme tropicalista como nenhum outro, “Meteorango Kid” é o desbunde a 24 quadros por segundo.

  • “Meteorango Kid, o Herói intergalático” (Brasil, 1969). 85 min. Direção e Roteiro: André Luiz Oliveira. Com: Antônio Luís Martins, Carlos Bastos, Milton Gaúcho e Caveirinha.

Total: 1h25 min.